A vereadora Franciele Danelon falou essa semana sobre os eventos que participou e a importante parceria com deputados, além de suas indicações e apoio à Pestalozzi.

Franciele participou da solenidade de entrega de um ônibus escolar, 8 veículos doados pela Receita Federal e a chegada da retroescavadeira, com recursos federais. Durante o evento, estiveram também o deputado federal Zeca Dirceu e o deputado estadual Elton Welter, ambos do partido da vereadora, que ainda lembrou de outro apoio importante que é o do deputado federal André Vargas. Vale ressaltar que os oito veículos doados pela Receita Federal ao município são resultado de um pedido encaminhado pela vereadora Franciele.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

DSC_04381

Sobre educação, carro-chefe da vereadora, ela justifica sua indicação, que pede cursos de capacitação focados em educação especial aos professores do município. “Não critico a capacidade dos professores do ensino regular, mas quero enfatizar a importância de um tratamento especializado”, afirma. Como não existe uma oferta de cursos pelo Município nessa área, os professores acabam por não conseguir se especializar e atender adequadamente portadores de necessidades especiais, como Autismo, T. D. A. H., Transtornos Comportamentais e Distúrbios de Aprendizagem.

Ainda sobre educação especial, a vereadora parabenizou o belo trabalho da Pestalozzi e disse que sente o amor com que a diretoria e funcionários da instituição trabalham. Ela se posicionou contra a alteração da Meta 4 e foi categórica ao afirmar que as APAES devem ser fortalecidas e melhoradas, nunca fechadas. Para Franciele, incluir as crianças com necessidades especiais esbarra na dificuldade em capacitar profissionais de educação para o ensino regular dessas crianças e inseri-las sem profissionais adequados é comprometer seu desenvolvimento intelectual.

Franciele finaliza sua fala questionando a demora na instalação da 2ª Companhia do Batalhão de Fronteira no município. Em virtude do índice crescente de criminalidade, a vereadora lembra que já foram aprovados pela Câmara subsídios para a instalação da 2ª Companhia (prevista para iniciar em agosto), como a cessão do local, mas que ele ainda não está em funcionamento em Guaíra.

Fonte: Assessoria