Seis jogadores da seleção espanhola denunciaram que tiveram dinheiro furtado de seus quartos no Hotel Golden Tulip, em Recife. O incidente teria ocorrido enquanto a Espanha enfrentava o Uruguai, pela Copa das Confederações. A administração do hotel, entretanto, nega o ocorrido, mesmo com a confimação da Fifa.

Após a partida, os jogadores deram conta do desaparecimento do dinheiro. Segundo a agência EFE, foi levada a quantia de mil euros (cerca de R$ 2.900).

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

espanha

Os seis jogadores haviam deixado suas carteiras nos quartos. Um dos atletas furtados foi o zagueiro Piqué. Os nomes das demais vítimas não foi divulgado.

Os jogadores espanhóis, ainda segunda a agência, não estão satisfeitos com as acomodações disponibilizadas para eles no Brasil. A Real Federação Espanhola de Futebol não pôde escolher os hotéis onde ficaria a delegação, e os estabelecimentos escolhidos pela Fifa são considerados de qualidade mais baixa que os jogadores estão acostumados.

Fonte: Joice Hasselmann
Foto: Luis Gene / AFP