ad

[dropcap color=”#dd3333″]O[/dropcap] carcereiro feito refém durante rebelião na cadeia de Iporã, foi libertado sem ferimentos ainda na noite de sexta-feira (25).

Projetada para 28, a cadeia abriga 57 detentos atualmente. Problemas de estrutura e a superpopulação são algumas das reivindicações, mas o caso de um dos presos, que passou mal e morreu após chegar ao hospital, teria sido o estopim da crise.

Após prolongada negociação, intermediada pelo Bope, a rebelião teve fim no início da manhã de sábado (26). O grupo da unidade especial de Curitiba chegou ao Noroeste durante a madrugada.

Com a situação aparentemente normalizada, as equipes de Rondas Ostensivas (Rotam) e Choque realizaram uma vistoria (‘bate grade’) no interior do cárcere.

Portal Guaíra com informações do OBemdito


CLINICA SALUTAR