ad

Um prisioneiro no Sri Lanka escondeu um telefone celular no reto durante uma inspeção nas celas. Mas ele acabou traído pelo toque do aparelho bem na hora em que os guardas vistoriavam o local!

O detento, de 58 anos, foi levado a um hospital de Colombo, capital do país asiático, onde os médicos retiraram o celular das suas entranhas. “Infelizmente para ele, o telefone tocou na hora errada”, disse um funcionário da penitenciária, de acordo com a agência AFP. Depois de dois dias no hospital, o sujeito voltou à prisão, onde cumpre pena de 10 anos por roubo.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Portal Guaíra com informações do Portal Cantú