Um homem, de 36 anos, que foi esfaqueado no último domingo (19), em uma lanchonete na avenida Mauá, na Vila Operária de Maringá, deu uma explicação no mínimo inusitada para justificar a motivação para o crime: Ele disse que chama muita atenção por onde passa graças à sua beleza fora do comum.

“Minha beleza e presença são marcantes onde passo”, afirma o homem, que levou sete facadas do agressor. Ele contou às autoridades que o tumulto teve início quando uma mulher, acompanhada pelo marido, chegou ao estabelecimento e ficou olhando fixamente para ele.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Ao perceber a irritação do companheiro da mulher, a vítima teria dito ao homem para não se preocupar, pois a situação era muito frequente por ele sempre chamar muita atenção por ser bonito demais. Ao ouvir isso, o marido, furioso, atacou o rapaz.

Tentando pedir ajuda, o jovem esfaqueado correu até a avenida Tuiuti, onde foi abordado por moradores locais. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) juntamente com uma equipe da Polícia Militar (PM) compareceram ao local para socorrer e averiguar a situação.

O jovem recebeu alta, pois os ferimentos foram leves e superficiais. Ele preferiu não prestar queixa contra seu agressor.

Portal Guaíra com informações do GoioNews