Durante reunião sobre as possíveis demarcações de terras em nossa região, mais especificamente em Guaíra e Terra Roxa, o Deputado Federal Dilceu Sperafico disse em seu pronunciamento que o problema não são os índios em si, mas as forças que estão pressionando e encaminhando os indígenas para a situação atual.

“A verdadeira função da FUNAI no Brasil é cuidar dos nossos índios, de sua saúde, educação, oportunizar uma melhor qualidade de vida. Mas não, desvirtuou de uma forma tão grande que hoje a Funai, as Ong’s internacionais estão fazendo um desrespeito com a sociedade brasileira e contra os próprios índios. Os interesses são outros, o interesse não é resolver o problema dos índios, existe interesse muito maior. A situação é grave, é muito mais grave do que vocês estão pensando”, esbravejou.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

SPERAFICO

Sperafico ainda comentou sobre a pretensão de que, abrindo essa brecha em nossa região, a sequencia pode ser desastrosa “Só no Oeste do Paraná, a pretensão de terras é de 100 mil hectares. Hoje é Guaíra, amanha é Rondon depois é Cascavel e Foz do Iguaçu”, exemplificou.

Sobre o fato dos centenas de indígenas terem invadido o plenário da Câmara dos Deputados na última terça-feira, o deputado foi enfático.

“Pela primeira vez na historia do País em mais de 500 anos, o Congresso Nacional foi invadido por alguém. Dessa vez foi uma afronta contra a democracia. Se eles fizeram isso lá, imagine o que eles vão fazer com um agricultor em sua propriedade indefeso. É uma indecência o que está acontecendo. Não podemos permitir atrapalhar o sonho brasileiro.”, concluiu Sperafico.

reunião-marechal-rondon

reunião-marechal-rondon2

Fonte e Fotos: Gilmar Angelo/ Portal Rondon