Foto: José Fernando Ogura/AEN

Projeto apresentado pela Prefeitura de Sertaneja e aprovado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas (SEDU), com operação do Serviço Social Autônomo (Paranacidade), vai permitir ao município economizar nos gastos com energia elétrica.

A proposta, em execução, reestrutura o sistema de iluminação pública com a troca das luminárias convencionais por modelos a led, mais econômicos. “O dinheiro que deixará de ser pago com a instalação do novo sistema poderá ser destinado a outras ações em atendimento à população. É uma opção que leva ao melhor uso do dinheiro público, além de outros benefícios”, afirma o secretário da SEDU, João Carlos Ortega.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Os recursos investidos, de R$ 694.999,00, liberados via operação de crédito, trarão, ainda, maior segurança aos pedestres e motoristas, em decorrência da melhor iluminação. Outro benefício é que o menor consumo energético diminui a pressão pela construção de estruturas de geração de energia. A técnica do Escritório Regional do Paranacidade, em Londrina, Paula Luciana Rodrigues, e que integra o Grupo dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável e da Nova Agenda Urbana, avalia a situação. “Quando uma Prefeitura decide por sistemas mais sustentáveis, faz uma opção que beneficia a população de hoje e das próximas gerações. Estamos prontos para repassar as orientações necessárias aos gestores e técnicos Municipais sobre as vantagens das tecnologias disponíveis”, afirma Paula.

O município recebeu, desde janeiro de 2019, via SEDU, outros R$ 2.147.781,32 para mais 10 projetos que viabilizaram a construção de um Barracão Industrial; a revitalização de uma Praça; a implantação de uma unidade Meu Campinho; dois projetos de recapeamento asfáltico em vias urbanas; dois projetos de urbanização e requalificação de calçadas; a aquisição de um caminhão caçamba; um trator agrícola e um automóvel.

Caso o contribuinte decida por não usar os créditos no abatimento do IPVA, pode ser feita a transferência para a conta bancária cadastrada no site.

FACILIDADE – O sistema é totalmente interligado com o Detran/PR, portanto não é necessário preencher número de placa e nem RENAVAM. Caso o veículo não seja listado no aplicativo ou no site do Nota Paraná, entre contato com o 0800-041-1528.

Como fazer – Para efetuar a transferência, é só acessar a página do Nota Paraná (www.notaparana.pr.gov.br), fazer o login com CPF e senha, clicar na aba “Minha Conta Corrente” e selecionar “Transferir crédito para pagamento de IPVA”.

O sistema de transferência de IPVA fica aberto apenas no mês de novembro, do dia 1° ao dia 30. “É muito importante ficar atento para não perder o prazo”, alerta a coordenadora do programa da Secretaria da Fazenda do Paraná, a auditora fiscal Marta Gambini.

Portal Guaíra com informações da AEN