ad

Na madrugada de terça-feira (14), durante patrulhamento aquático para coibir crimes relacionados à pesca ilegal no Rio Paraná, a equipe de Policiais Ambientais deparou-se com duas outras embarcações que fugiram quando avistaram os policiais.

A ação ocorreu nas proximidades da Ilha Cascavel, município de Icaraíma. Logo em seguida foram encontradas diversas caixas de cigarro boiando no rio com indícios de que os contrabandistas fizeram com que uma das embarcações afundasse para que não fosse apreendida.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Na mesma noite e local, ao abordar outra embarcação, constataram que estava carregada com caixas de cigarro do Paraguai. Dois homens que estavam na lancha, moradores de Guaíra, foram presos em flagrante (seus nomes não foram divulgados). O piloto informou à equipe que o cigarro, um total de 62 caixas, seria descarregado na balsa que liga Herculândia, no município de Ivaté, até Querência do Norte.

Os presos e o material apreendido, inclusive a embarcação, uma lancha de fibra com motor Yamaha de 200 HPs, foram encaminhados até a Delegacia de Polícia Federal de Guaíra para a lavratura do flagrante. Os presos foram enquadrados no artigo 334 do código penal (contrabando) cuja pena é de 1 a 4 anos de reclusão.

foto 5

foto 1

foto 2

foto 3

foto 4

Portal Guaíra com informações da Policia Ambiental de Umuarama
Fotos: Flávio Henrique