Criminosos estão cada vez mais criativos para enviar drogas para dentro dos presídios.

Em Iborã, norte do Paraná, a Polícia Civil está investigando arremessas de ovos recheados com entorpecentes para dentro da penitenciária.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Segundo a polícia, criminosos preenchem as cascas de ovos que são lançadas contra a grade de proteção da cadeia. Ao quebrar, os objetos caem para dentro da penitenciária.

O Departamento de Polícia Penal do Paraná instalou redes na tentativa de bloquear esses objetos. Mesmo assim, a prática continua.

Há suspeitas de que adolescentes estejam sendo aliciados para jogar os ovos recheados com drogas. Até agora ninguém foi identificado ou preso.

Portal Guaíra com informações do G1