Seis taxistas paraguaios foram multados em US$ 300 dólares (cerca de R$ 700,00) em Guairá/PR, nas últimas duas semanas, por terem descumprido o termo de regulamentação do transporte fronteiriço internacional.

O acordo foi assinado no dia 17 de junho deste ano, na Câmara Municipal, entre os prefeitos de Guaíra, Salto Del Guairá e Mundo Novo.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O acordo proíbe angariar passageiros no território de outro país, ficando permitido apenas ir e voltar de determinado país com o mesmo passageiro. Um dos taxistas apreendido também foi pego com o veículo descaracterizado (sem adesivo e/ou identificação).

“Nós temos muito respeito pelos irmãos paraguaios, mas regras são regras. Nossa equipe orienta que sejam evitadas estas atitudes, para evitar futuros aborrecimentos. A equipe de inteligência da Guarda Municipal está fiscalizando e vamos cumprir o acordo assinado entre os prefeitos e taxistas das três cidades de fronteira”, explica Edson Manoel Auler, chefe da Guarda Municipal.

O termo de cooperação assinado no mês passado possui validade, ainda que os três municípios precisem adequar suas respectivas legislações, a partir desse acordo fixado – e que já foi aceito tanto pela ANTT (Agência de Nacional de Transporte Terrestre) e  Dirección Nacional de Transporte (DINATRAN), esse último órgão paraguaio.

foto 3

foto 1

foto 2