imagem ilustrativa

Na madrugada de hoje (7), a central 190 da Polícia Militar (PM) de Guaíra foi acionada por um taxista, vítima de assalto em Cascavel e feito refém dos bandidos.

Segundo informações apuradas pela equipe do Portal Guaíra, L. S. W., morador da cidade de Toledo/PR, onde trabalha como taxista, recebeu a ligação de uma mulher por volta das 04h30 de hoje (7), solicitando uma corrida de Sede Alvorada, distrito de Cascavel, até a cidade de Toledo.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Ao chegar no local combinado, além da mulher (estatura baixa e cabelo curto) que fez a ligação, também embarcaram dois homens, e solicitaram que o taxi seguisse até o Bairro Santa Clara 4, na cidade de Toledo, momento em que anunciaram o assalto.

Um dos bandidos colocou o revólver na cabeça do trabalhador e mandou que descesse do automóvel sem olhar pra eles, se não iria morrer. A vítima foi amarrada e colocada no porta malas do carro, mas mesmo assim, ouvia os bandidos fazendo ameaças.

Em Guaíra, o taxista foi deixado, ainda amarrado, em uma mata nas proximidades da Vila Margarida, sendo que assim que conseguiu escapar, ligou para a Polícia Militar que foi até o taxista.

A PRF informou que o veículo Fiat/Linea, placas AZG-2299, atravessou para o Mato Grosso do Sul por volta das 06h30.

A vítima foi devidamente orientada.

imagem ilustrativa
imagem ilustrativa
Redação Portal Guaíra