Eles estavam armados com canivete e chave de fenda

No início da madrugada desta quarta-feira (10), por volta da meia noite, equipes do BPFron realizavam patrulhamento nas proximidades da 2ª Cia/BPFron, quando tomaram conhecimento de que um motorista, após ficar sem combustível,  trancou o veículo e deslocou a pé até o posto de gasolina mais próximo, com o intuito de adquirir gasolina.

Durante o deslocamento, ele foi abordado por dois jovens os quais fizeram menção de estar armados, e anunciaram o roubo, sendo que por não estarem satisfeitos com os pertences da vitima, acabaram ferindo a vítima com duas perfurações feitas com objeto pontiagudo.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Assim que tomaram conhecimento, os Militares do Batalhão de Polícia de Fronteira iniciaram buscas por possíveis autores, de acordo com as características repassadas pela vítima.

Na Rua Vitória Bittencourt Gomes, Jardim Parque Hortência, a equipe avistou um veículo VW/Fusca transitando em velocidade incompatível com a via e decidiram realizar abordagem, sendo constatado que no interior do veículo haviam três rapazes (29, 20 e 18 anos de idade), sendo dois deles com características indígenas.

Ao ser realizada a abordagem constatou-se que um dos elementos estava com vestígios de sangue pelo corpo, inclusive nas mãos, momento em que foram encaminhados até a sede da 2ª Cia/BPFron para reconhecimento.

Os dois índios foram reconhecidos pela vítima, como os que o abordaram e feriram utilizando uma chave de fenda que foi localizada no interior do Fusca, com marcas de sangue.

Diante dos fatos os três indivíduos receberam voz de prisão e foram encaminhados à Polícia Civil para as tomadas de providências.

Eles estavam armados com canivete e chave de fenda
Eles estavam armados com canivete e chave de fenda

Portal Guaíra com informações do BPFron/Guaíra