Na tarde de sábado (25), um homem entrou em contato com a Polícia Militar de Guaíra via WhatsApp, relatando que na propriedade de seu pai estaria acontecendo uma situação de ameaça.

Segundo informações preliminares no local, indivíduos em um veículo Palio, de cor branca, estariam causando discórdia entre os demais banhistas que estavam no local, sendo que vieram a ameaçar o proprietário com xingamentos. Disseram ao mesmo que são de outro estado e que são friccionados com uma facção criminosa e que voltariam, pois o fato do responsável lhes chamar a atenção não ficaria assim.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A PM ao chegar no local não encontrou os ocupantes do Palio, nem o veículo, mas que teria sido anotada a placa. A vítima relatou ainda que estariam em quatro pessoas masculinas e estes muito alterados ficaram lhe ameaçando, dizendo que eram da facção criminosa, que voltariam e quebrariam tudo no local.

A equipe policial orientou o senhor quanto aos procedimentos sobre o ocorrido
e o tempo para uma representação.

Em ato contínuo, a equipe se deparou com o supracitado veículo e procedeu abordagem em frente a um posto de combustível, sendo que no momento da abordagem os mesmos demonstraram o início de uma reação, mas que logo foi contida. Os mesmos foram advertidos e foi feito o uso do bafômetro, onde o equipamento mediu 0,05 mg/l e as questões administrativas foram realizadas.

Ainda ficou constatado que o veículo estava com o pneu dianteiro direito com sua banda de
rodagem externa já comprometida “careca”, ocasionando risco na direção do referido.

Diante da situação, o veículo foi guinchado e encaminhado ao pátio do Detran para tomada de medidas cabíveis.

Foi entrado em contato com o solicitante e este não quis representar contra os mesmos
no momento, mas que analisaria o caso com calma.

Redação Portal Guaíra