Câmara de Vereadores de Guaíra (foto: Arquivo/PG)

ad

No mês de fevereiro, antes do início da primeira Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Guaíra, um Projeto de Iniciativa Popular foi protocolado na Casa de Leis. Nele, a Sociedade Civil, através de abaixo-assinado, solicita a redução de salários do Prefeito, Vice-Prefeito, Secretários Municipais, Cargos em Comissão e Vereadores. Também foi sugerido que o número de cadeiras do Legislativo guairense seja reduzido – dos atuais 11 para 09.

Pois bem, após aguardar um tempo, os responsáveis pelo envio do ofício (ADINCO) foram comunicados que haviam falhas no projeto, e que da maneira como foi protocolado não poderia ser apresentado na Câmara.

Diante desse impasse, alguns integrantes da Associação dos Interesses dos Consumidores e Contribuintes de Guaíra, buscaram retificar o documento, conforme solicitado pela Câmara de Vereadores e entregaram na manhã de quinta-feira (9), sob o protocolo de número 304.

Mas é importante lembrar a comunidade que para surtir efeito, o projeto precisa entrar em apreciação, discussão e votação antes das eleições deste ano, para que entre em vigor – caso aprovado – já a partir de janeiro de 2017.

Sendo assim, uma visita “in loco” a Câmara de Vereadores de Guaíra, está sendo organizada através das redes sociais, para hoje – segunda-feira, dia 13 de junho -, a partir das 19h45.

A exemplo do que ocorreu quando um Projeto do Executivo solicitava o aumento da taxa de iluminação pública, mas acabou sendo rejeitado a pedido da comunidade que se fez presente em grande número na Sessão Ordinária, agora, a pressão é para que o projeto de redução dos salários e número de vereadores, entre logo em votação.

A sessão de número 17, desta segunda-feira, promete!

Redação Portal Guaíra


ad