ad

[dropcap color=”#1e73be”]N[/dropcap]a tarde de quarta-feira (30), o ilustre ex morador de Guaíra esteve visitando o Departamento de Cultura, anexo a Igrejinha de Pedra. Trata-se do senhor Sizinio Santos, ex-proprietário do Hotel e Restaurante Sete Quedas, exímio chefe de cozinha, e criador do prato típico de Guaíra.

A visita de quarta-feira teve um motivo especial, Sizinio veio doar a primeira telha confeccionada para a produção do prato típico. Ele contou que a telha foi produzida por outra ex moradora de Guaíra, Dona Magda Lombardo.

A assessoria de imprensa entrou em contato com dona Magda e quis saber um pouco mais sobre a história da peça doada pelo Senhor Sizinio. Dona Magda nos respondeu imediatamente dizendo que ficava feliz em poder ajudar na construção dessa matéria.

A artesã que dedicou quarenta anos de sua vida a cidade de Guaíra com sua família e atualmente mora em Antonina no litoral paranaense relatou um pouco de como surgiu a primeira telha para o prato típico da cidade.

“O Senhor Sizinho procurou-me para que eu idealizasse uma forma que fosse de proporção igual tanto de fundo como de lado. Ele usava na época uma goiva fechada com material usado em hidrelétricas. Não tinha um aspecto visual bonito. Como meu marido sempre fez artes em madeira bolou uma forma onde eu moldavas telhas. As primeiras que fiz ainda em Guaíra foram essas lisas. Aqui fui ampliando e acrescentando criatividade. Chamo de Kit=Peixe na telha, porquê é composto assim, a telha propriamente dita, o porta pirão, a saladeira e travessa para arroz”, contou dona Magda.

Magda Lombardo nasceu em Pedro Juan Caballero no Paraguai e foi registrada aqui em Guaíra na época da segunda guerra mundial. Aprendeu a moldar cerâmica com um ceramista profissional e foi coordenadora municipal de ensino profissionalizante CEMEP – Centro Municipal De Ensino Profissionalizante. Aprimorou o conhecimento com estudo e dedicação em vários cursos e ainda hoje produz lindas peças artesanais.

A Diretora de Cultura, Marli Jardim falou que a telha será exposta no Museu Municipal Sete Quedas em breve, “vamos providenciar uma placa com a história do artefato e expor no museu para que todos possam conhecer um pouco mais da História do prato típico guairense”, contou Marli.

Portal Guaíra via Assessoria


CLINICA SALUTAR