A Associação de Moradores da Vila Velha (AMOVIVE), iniciou o projeto da primeira horta comunitária, com a colaboração do Poder Legislativo e Executivo.
A Horta Comunitária está sendo desenvolvida no pátio da AMOVIVE, fazendo o seu aproveitamento para a produção de alimentos, por meio do trabalho voluntário e solidário da comunidade e monitorados por uma equipe de técnicos da Emater.

Todos os moradores da Vila Velha são bem-vindos para utilizarem os canteiros para produção de legumes e verduras para consumo próprio.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O presidente da associação AMOVIVE Lucas Rafacho, mobilizou apoiadores para o projeto, que conta com o apoio da Secretaria Municipal de Agropecuária Infraestrutura e Meio Ambiente, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Emprego e Secretaria Municipal de Assistência Social, que irá encaminhar pessoas cadastradas no CadÚnico para que possam ter uma fonte que complemente a alimentação com produtos orgânicos.

Lucas ainda conta que essa ação era uma demanda antiga dos moradores, e que após ele assumir a presidência da Associação, firmou o compromisso para organizar e tronar a ideia em realidade. “Foi um compromisso assumido e para chegar até aqui contei com a ajuda de muitas pessoas e uma das que mais contribuíram para esse fato, foi a vereadora Elza Romoda.

A vereadora contou que já há mais dois bairros interessados no projeto, Eletrosul e Vila Rica, que deve iniciar o projeto de horta comunitária ainda neste mês.

O prefeito Heraldo Trento visitou a Horta Comunitária, na sexta-feira (26) e disse que é um passo importante para o bairro, que tem muito a ganhar com a ação, desde a valorização do terreno, evitando que seja depósito de lixo e entulhos, proliferando doenças, como também sendo uma fonte complementar de alimentação saudável e também de renda, uma vez que o projeto prevê que a Associação pode vender parte da produção. No espaço é possível vislumbrar, uma grande variedade de verduras e frutas plantadas, como alface, abacaxi, batata doce, abóbora entre outras. Ainda na visita, estiveram presentes outras autoridades do legislativo e servidores parceiros do executivo que estão empenhados em ajudar a ideia a se expandir e ser exemplo em Guaíra.

Portal Guaíra via Assessoria