Na terça-feira (02), policiais rodoviários federais de Guaíra deram ordem de parada a uma  picape e constataram que pertencia a uma locadora. Desconfiados das informações passadas pelo condutor, os agentes entraram em contato telefônico com a locadora e descobriram que o prazo para devolução do veículo já havia expirado.

Diante dessa informação, o condutor afirmou que foi contratado para levá-la de São José – SC até Ponta Porã.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Já a segunda picape foi fiscalizada por volta das 14h, e estava com placas clonadas de outra Toro emplacada em Taboão da Serra – SP; mas após verificação minuciosa os agentes constataram que se tratava de fato de uma picape furtada em Jaboticabal – SP no dia 03/02/2021.

O condutor então declarou que fora contratado para pegar o veículo em Guaíra e levar ao Paraguai, onde um táxi já o esperava para trazê-lo de volta.

Diante dos fatos, os condutores foram presos e encaminhados com os veículos à polícia civil de Guaíra.

Portal Guaíra com informações da PRF