PRF3Tendo em vista informações difundidas através de redes sociais e alguns meios de comunicação a respeito da prisão de um homem na BR 163, em Guaíra, na última segunda-feira, dia 26/01/15, pelo crime de desobediência, visando trazer maior clareza aos fatos, encaminho Nota de Esclarecimento emitida pelo Núcleo de comunicação social da Polícia Rodoviária Federal no Paraná.

Ressaltando que, conforme conteúdo da nota, a prisão ocorreu com base no crime de Desobediência.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

“:: Nota de esclarecimento

O Núcleo de Comunicação da PRF no Paraná esclarece que:

1) No final da manhã de segunda-feira (26), uma equipe de policiais rodoviários federais que fazia ronda avistou uma colheitadeira de grande porte circulando pela pista da BR 163, na altura do quilômetro 335, sentido decrescente, em Guaíra (PR), o que constitui infração de trânsito.

2) A equipe da PRF ordenou a saída imediata da colheitadeira da via, uma vez que um veículo desse tipo, pelas suas dimensões e baixa velocidade, pode causar acidentes graves. Durante os procedimentos administrativos cabíveis para o caso, o irmão do condutor chegou ao local e, com uma postura visivelmente alterada e agressiva, disse que a colheitadeira seguiria seu destino independentemente da determinação dos policiais.

3) Após insistir em levar a colheitadeira antes do término dos procedimentos administrativos da PRF, o irmão recebeu ordem de prisão por resistência (desobediência). Ele chegou a empurrar um policial rodoviário federal e só foi algemado após uma das integrantes da equipe da PRF começar a registrar em vídeo toda a situação.

4) Com a conduta enquadrada nos artigos 330 (‘Desobedecer a ordem legal de funcionário público’) e 331 (‘Desacatar funcionário público no exercício da função ou em razão dela’) do Código Penal, o preso, de 31 anos de idade, foi encaminhado à Delegacia da Polícia Federal em Guaíra.

Núcleo de Comunicação”