O movimento se refere aos valores das importações e exportações realizadas com o Paraguai, tendo como unidade de despacho aduaneiro brasileira, o Porto Lacustre Sete Quedas, localizado em Guaíra, no Paraná. O valor das mercadorias representou um aumento de 119% em relação ao ano de 2019, que teve movimentação de 321 milhões de Reais.

Foram 18.913 carretas e caminhões, que tiveram suas cargas desembaraçadas no recinto, o maior volume já registrado desde 2010.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Mesmo com a travessia da balsa, que faz a ligação entre as cidades de Guaíra (BR) e Salto del Guaíra (PY), suspensa por 71 dias, em virtude da impossibilidade de navegação naquela região do rio Paraná, a Receita Federal do Brasil garantiu, através do procedimento de trânsito aduaneiro entre as unidades de Mundo Novo (MS) e Guaíra (PR), que o fluxo de importações e exportações fosse mantido, em beneficio de exportadores, importadores, transportadores e demais operadores do comércio internacional.

Sem o uso do procedimento de trânsito aduaneiro; motoristas, veículos e cargas poderiam ter ficado impossibilitados de transitar por meses, além dos órgãos de fiscalização terem de lidar com perda de eficiência relacionada a ociosidade de servidores, equipamentos e estrutura.

Portal Guaíra com Assessoria