[dropcap color=”#dd9933″]E[/dropcap]m solenidade realizada na manhã de ontem (28), foi inaugurado o Portal de Informações Turísticas de Guaíra, obra realizada através do Contrato de Repasse 781766/2012 entre o Município de Guaíra e o Ministério do Turismo através da CAIXA, investimento no valor de R$ 615.842,59, sendo R$ 352.800,00 de repasse do MTUR através de emenda parlamentar da senadora Gleisi Hoffmann, e R$ 263.042,59 com recursos próprios do município.

A obra é composta de aterramento e galeria pluvial para fazer a drenagem e aterro do terreno localizado entre a Avenida Sete Quedas e o acesso da BR 163 até a Ponte Ayrton Senna, um mirante de 04 andares, projeto do arquiteto Fábio Silva, o paisagismo com o plantio de grama e 55 palmeiras imperiais ao longo da Avenida Sete Quedas, e a instalação de dez mastros para a instalação permanente das bandeiras do Brasil, Paraguai, Paraná, Mato Grosso do Sul, Canindeyú, Guaíra, Mundo Novo, Salto del Guairá, Itaipu Binacional e Mercosul, com a intenção de representar um marco das cidades gêmeas e da tríplice fronteira BR/PY e PR/MS.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Na solenidade o pavilhão nacional foi hasteado pelo Major Alex Jesus Soares, do Paraguai pelo Consul do Paraguai em Guaíra José Mairana Rios, do Paraná o Capitão de Corveta José Marcos Kascharowski, do Mato Grosso do Sul pelo Prefeito eleito de Mundo Novo Valdomiro Brischiliari, do Departamento de Canindeyú pelo representante do Governador do Departamento advogado Pedro Sinbrom, de Guaíra pelo Prefeito Fabian Persi Vendruscolo, de Mundo Novo pelo Prefeito Humberto Carlos Ramos Amaducci, de Salto del Guaíra pelo Diretor de Cultura senhor Emiliano Garcia, da Itaipu Binacional pelo senhor José Alexandre Araújo Chefe do Escritório de Guaíra e do Mercosul pelo Vice-Consul do Paraguai em Guaíra senhor Manoel Gomes.

Estiveram presentes os atuais prefeitos de Guaíra e Mundo Novo, Fabian e Humberto, e os prefeitos eleitos Heraldo e Valdomiro.

Em seu pronunciamento, Fabian ressaltou que a obra do Portal, é mais uma etapa da estratégia de implantação do Parque Temático Memorial Sete Quedas, que iniciou em 2006 com a implantação da 1ª etapa da Avenida Beira Rio hoje Av. Sete Quedas, com a obra do NEPOM que estará pronta em 2018, a construção do Hotel Trento que iniciará em 2017 num investimento superior a R$ 20 milhões, e destacou, que neste mandato conseguiu resolver uma importante meta municipal antiga que foi receber a doação de todos os imóveis do DER/PR localizados na Zona Portuária 02 e 03, que só foi possível após o Município adquirir 43 hectares no Parque Nacional de Ilha Grande no valor de R$ 351.038,97, e doa-los ao ICMBio, com esta permuta ambiental a Presidência do IBAMA em Brasília, autorizou o DER/PR a doar os imóveis ao Município, desobrigados das mitigações ambientais da Licença de Operação 01/1998 da Ponte Ayrton Senna.

Com esta permuta ambiental e passando os imóveis para a propriedade municipal, Fabian ressaltou que através do Contrato de Repasse 800624/2013 Processo 1014322-41/2013/ MTUR, através de emenda parlamentar do Deputado Federal Hidekazu Takayama no valor de R$ 350.000,00, será concluído em 2017 do Estudo Preliminar do Parque Temático Memorial Sete Quedas, cujos os produtos do contrato a entrega de projetos básicos e uma maquete eletrônica de uma proposta de urbanização da região ribeirinha localizada desde o Portal inaugurado hoje até o Centro Náutico e Recreativo Marinas, sendo que estes projetos servirão de referência para a próxima administração propor os licenciamentos ambientais e viabilizar recursos para as obras projetadas.

Por fim, informou que encontram-se prontos os projetos executivos da 2ª e 3ª etapa da Avenida Sete Quedas, trechos entre o Porto da Tininha até o Centro Náutico e deste até a rua Bandeirantes, obras estimadas em R$ 7 milhões, projetos estes protocolados na Itaipu Binacional, que infelizmente em razão da crise institucional federal e na Itaipu, não foi possível analisar em 2016.

Fabian, concluiu seu pronunciamento, destacando que estas obras somente serão compreendidas no futuro, quando o contorno da Ponte estiver construído pelo DNIT, e os investimentos privados e públicos viabilizados, sendo o objetivo final que a sede urbana de Guaíra se aproxime da barranca do rio Paraná, e a região ribeirinha outrora utilizada pelo crime organizado e abandonada, passe a ser ocupada para fins de turismo, comércio, serviços e recreação.

O prefeito Fabian também pediu à população que ajudem a proteger e manter, as palmeiras, gramas, e as edificações construídas e instaladas na região do futuro Parque Temático.

Portal Guaíra via Assessoria
Fotos: Cintia Marques da Silva/PMG