No começo da madrugada de hoje (31), por volta das 01h, policiais militares do Pelotão de Guaíra foram acionados para atender uma ocorrência de assassinato no Jardim Parque Hortência.

PLANTAO-PGAo chegar no local, os PMs se depararam com um policial militar, que apresentava uma perfuração na nuca provocada por disparo de arma de fogo.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O homem tinha 38 anos, e segundo o comando da Policia Militar informou a Rádio Difusora do Paraná de Marechal Rondon, ele estava afastado de suas funções há algum tempo, principalmente por ser usuário de drogas.

Desde que virou dependente, o PM passou a cometer uma serie de erros, inclusive tendo desvio de conduta profissional e por isso acabou afastado de suas funções.

Por inúmeras vezes, o próprio comando do 19º Batalhão da Policia Militar, encaminhava para Clinicas de Drogados e ate mesmo para a Junta Medica da Policia Militar em Curitiba, contudo, se negava ao tratamento e fugia.

Segundo informou o comando da PM a Rádio Difusora, a vida do então policial de Guaíra que antes de ser afastado desempenhava funções em Terra Roxa, ficou bastante conturbada depois que passou a ser usuário de entorpecentes.

As investigações foram iniciadas e tudo leva a crer que, pela característica do disparo na nuca, ele tenha sido executado e que o crime esteja relacionado a dividas com o trafico de drogas.

O corpo do policial militar – que não teve o nome divulgado – foi encaminhado ao IML de Toledo para necropsia e posteriormente liberado aos familiares para os atos fúnebres.

Portal Guaíra com informações de Maiko Bucker/Rádio Difusora do Paraná