Pelo menos 30% do efetivo da Polícia Federal da Delegacia de Guaíra aderiram à paralisação nacional da categoria iniciada nesta segunda-feira (26) e que irá prosseguir amanhã em todo o território nacional.

Por estar situada em faixa de fronteira a Lei determina que em caso de greve pelo menos 70% do efetivo deve manter o atendimento.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

pf

Hoje a participação foi silenciosa e não houve manifestação, sendo registrada somente a paralisação dos policiais.

Para hoje (27) segundo a Assessoria de Imprensa da Delegacia da Polícia Federal em Guaíra, poderá haver alguma manifestação seguindo a orientação nacional.

Na região também participam da paralisação as Delegacias de Cascavel e Foz do Iguaçu.

O objetivo chamar a atenção do Governo com relação a condições de trabalhos.

As reivindicações são: a reestruturação dos cargos, melhores condições de trabalho, aumento de efetivo, e ainda as mesmas condições de outros cargos federais estão na lista dos problemas apontados pela categoria.

Nas três delegacias a informação é de que a adesão à paralisação nacional não deverá prejudicar o atendimento ao público.

Fonte: Assessoria da PF de Guaíra