ad

[dropcap color=”#dd3333″]A[/dropcap] Polícia Civil de Guaíra tem trabalhado no caso envolvendo a morte do cabo Pacífico, da Policia Militar, e dos três envolvidos – dois já estão presos.

A partir do assalto que terminou em tiroteio no posto Maracaju, da BR 163 – em Maracaju dos Gauchos – Guaira, diversas equipes policiais da região foram mobilizadas com o objetivo de identificar e prender os envolvidos no crime.

Dois elementos ocupando uma motocicleta chegaram no posto e enquanto um deles invadiu o escritório, o outro ficou na moto, aguardando para fuga.

Nesse momento, o Cabo Pacífico – Policial Militar da Reserva – reagiu, acabou atingindo o assaltante que estava na moto, contudo, foi baleado pelo bandido que estava no escritório.

Os marginais abandonaram a moto que havia sido roubada em Toledo, e fugiram para plantações da região.

Populares socorreram o militar que deu entrada na UPA de Guaíra, e morreu momentos mais tarde, atingido por três disparos de arma de fogo.

Imediatamente o Delegado chefe da 13ª DRP de Guaira, Dr. Deoclecio Detros, iniciou uma força-tarefa para identificar e prender os bandidos envolvidos na ação.

Pouco depois foi localizado e preso Fabio Jr., de 22 anos, identificado como o bandido que estava na motocicleta durante o assalto e que foi baleado pelo policial; ele continua internado e depois da recuperação será encaminhado para a Delegacia de Policia.

Também foi preso Wilian Boing de 22 anos, identificado pela polícia como o indivíduo que, apesar de não ter participado do assalto, mas é suspeito de ter planejado todos os movimentos dos bandidos.

O homem que atirou e provocou a morte do policial militar da reserva, e que continua foragido, foi identificado como Iago da Silva Lima, 21 anos.

Os três elementos envolvidos na ocorrência são moradores de Guaíra e possuem passagens pela Polícia.

Velório

Como houve atraso por parte do IML de Toledo na liberação do corpo do Policial Militar da Reserva Fábio Pacífico dos Santos, o sepultamento foi transferido para amanhã – quinta-feira (22), às 08h30, no cemitério de Marechal Rondon. O velório está acontecendo na Igreja Evangélica Congregacional do Brasil, próximo ao Restaurante Giovialle, em Marechal.

Portal Guaíra com informações da Rádio Difusora do Paraná


CLINICA SALUTAR