ad

A Polícia Federal realizou nesta sexta-feira, a destruição de duas embarcações apreendidas durante ações realizadas na região de Guaíra. As embarcações eram utilizadas para prática de crimes transfronteiriços, como contrabando, descaminho e tráfico de entorpecentes e armas.

Durante investigações, a Polícia Federal descobriu que diversas embarcações apreendidas na prática de ilícitos eram leiloadas e arrematadas com valores ínfimos pelos próprios indivíduos envolvidos em organizações criminosas. Dessa maneira ficou constatado que as embarcações voltavam a ser utilizadas para prática de crimes na região.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Em decisão inédita, a Justiça Federal autorizou o pedido da Polícia Federal para destruição das embarcações. A medida visa inviabilizar o retorno desses bens para a atividade criminosa na região de Guaíra, de modo a tornar mais amplo e eficiente os meios de combate às ações criminosas na fronteira entre Brasil e Paraguai.

Portal Guaíra com informações da PRF