BRASÃO-POLICIA-CIVILApós receber informações de que um homem procurado pela Justiça (foragido da Penitenciária de Guarapuava) estaria usando nome falso e residindo na Vila Eletrosul, uma equipe de investigadores da Polícia Civil de Guaíra foi até a Rua Terra Boa para averiguar os fatos nessa segunda-feira (21).

Ao realizar a abordagem na moradia, um homem se identificou como Wanderly Vandresen e apresentou copias do RG, CPF e cartão do SUS. No local também estavam esposa, filha e dois enteados.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Os Policiais foram devidamente autorizados a realizar buscas na residência, sendo localizado pequena porção de maconha (para uso próprio), duas folhas de cheque em nome de terceiros, no valor total de R$ 3 mil, um contrato assinado e uma conta de telefone da GVT em nome de Wanderly Vandresen, sendo que o nome verdadeiro é Joaquim Luiz Pereira, 53 anos de idade, conhecido pela alcunha de “Ceará”.

Diante dos fatos foi dado cumprimento aos Mandados de Prisão expedidos pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Guarapuava/PR; Vara Criminal, Família e Sucessores, Infância e Juventude e Juizado Especial Criminal da Comarca de Astorga/PR; e Vara de Execuções Penais e Corregedoria dos Presídios da Comarca de Guarapuava, todos em desfavor de Joaquim Luiz Pereira. Sendo que ele também recebeu voz de prisão pelo crime de falsidade ideológica e posse de drogas para o consumo pessoal.

O preso foi encaminhado à 13ª DRP onde se encontra a disposição da Justiça.

Redação Portal Guaíra