A Polícia Civil de Guaíra, Marechal Cândido Rondon e Toledo prendeu dois executores da jovem incendiada em Mercedes. A prisão dos acusados aconteceu em Guaíra.

Segundo a Polícia Civil, as investigações iniciaram logo após o incêndio criminoso ocorrido na noite do dia 07/12.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O incêndio destruiu uma casa no centro Mercedes e deixou dois feridos graves, e uma das vítimas, Dayana Eliane Ferreira, de 24 anos, acabou entrando em óbito em Curitiba. A outra vítima, Jones Magagnin, 26 anos, segue internado em Londrina. Ele teve 58% do corpo queimado.

Nesta quinta-feira (19), a Polícia Civil prendeu em Guaíra, dois acusados de serem os executores do crime. Um terceiro acusado segue sendo procurado, além da arma utilizada no crime.

Portal Guaíra com informações da Rádio Difusora do Paraná