[dropcap color=”#dd9933″]A[/dropcap] Polícia Civil de Guaíra/PR realizou na manhã desta quinta-feira (9), incineração de drogas apreendidas no Município.

Em entrevista ao repórter Policial Adolfo Barbosa, o chefe do cartório de Guaíra Valmir Barato, relatou que essa incineração de maconha já estava programada.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

– Realmente nós já havíamos agendado essa incineração, composta em sua grande maioria por maconha e, após autorização judicial, conseguimos dar fim em mais de 900 quilos de drogas – explica.

Oficiais de Justiça e da Vigilância Sanitária estiveram acompanhando os Policiais da 13ª DRP, em uma empresa que gentilmente cedeu os fornos para que o trabalho se concretizasse.

Além da maconha, Valmir Barato destaca outras drogas que também foram queimadas na manhã de hoje.

– Veja bem, a nossa preocupação para essa incineração foram justamente às apreensões de maconha, inclusive, como divulgado na imprensa, na Vara da Infância, apenas um adolescente foi apreendido com quase meia tonelada da droga. Outros 326 quilos foram registrados na Vara Criminal, onde essas drogas foram apreendidas com maiores de idade. Também 96 gramas de cocaína, 20 gramas de haxixe, 2 quilos e 86 gramas de crack, além de 82 comprimidos de ecstasy.

As drogas incineradas nesta quinta, foram apreendidas pela PM, BPFron e Polícia Civil, porém, segundo explica Barato, até o final do ano, sempre com autorização do Judiciário,  deve acontecer mais uma incineração em Guaíra.

– Não foi possível nos desfazer de toda apreensão de droga desse primeiro semestre e alguns ainda de 2014, portanto, em uma nova data a ser confirmada, tão logo consigamos autorização, estaremos repetindo o mesmo trabalho de hoje – concluiu Valmir Barato.

GUAIRA-POLICIA-CIVIL-INCINERA-QUASE-UMA-TONELADA-DE-DROGAS

GUAIRA-POLICIA-CIVIL-INCINERA-QUASE-UMA-TONELADA-DE-DROGAS-2

GUAIRA-POLICIA-CIVIL-INCINERA-QUASE-UMA-TONELADA-DE-DROGAS-3

GUAIRA-POLICIA-CIVIL-INCINERA-QUASE-UMA-TONELADA-DE-DROGAS-4

Redação Portal Guaíra
Fotos e Reportagem: Adolfo Barbosa/Portal Guaíra