Na noite de ontem (21), por volta das 21h40, após receber informações sobre um assalto a mão armada que estaria acontecendo, Policiais Civis de Guaíra, juntamente com a Policiais da Força Nacional, seguiram em diligências até o local, região central da cidade.

Imediatamente na chegada dos policiais, foram informados pelo morador/vítima, que pelo menos um dos bandidos estaria fugindo pelos fundos da casa, porém, apesar do empenho da equipe, o bandido não foi localizado.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Então as equipes se dividiram e, contando com apoio de Policiais Militares do BPFron e Rádio Patrulha, iniciaram buscas pelos criminosos.

Em dado momento chegou a informação que o veículo tomado em assalto estaria no bairro Vila Alta, mas a caminhonete S10 não foi visualizada, apenas um VW/Fox em atitude suspeita.

Ao dar sinal para que o condutor do Fox parasse, esse não obedeceu e iniciou fuga em alta velocidade, realizando manobras perigosas que, inclusive, atentava contra a integridade física dos policiais que faziam acompanhamento tático.

Após alguns minutos, foi conseguido realizar a abordagem em segurança.

Os policiais solicitaram que o condutor apresentasse os documentos, assim como o aparelho celular, sendo que rapidamente o indivíduo jogou o celular no chão, ficando completamente danificado.

Segundo informações, a todo o momento o elemento abordado tentava se esquivar dos policiais e até chegou a avançar contra eles, sendo imobilizado.

Então, o condutor foi identificado, um adolescente, com 17 anos de idade.

Mais a frente a equipe do BPFron avistou duas pessoas saindo de uma mata e, apesar de um deles ter fugido, o outro acabou sendo detido. Ele revelou que havia participado do roubo da caminhonete e apontou o menor como sendo um dos cúmplices, e ainda mostrou onde teriam escondido a S10.

Diante dos fatos, o pai do menor foi comunicado sobre a apreensão do filho e compareceu na Delegacia de Polícia Civil.

O outro bandido, 19 anos de idade, também ficou preso.

O veículo será devolvido ao legítimo proprietário.

Redação Portal Guaíra