Em diligências conjunta por volta das 12h de ontem (13), Policiais Civis de Guaíra e Terra Roxa, seguiram até a Vila Margarida – popular Buracão. A ação foi uma continuidade aos trabalhos realizados na madrugada em Terra Roxa, onde quatro moradores de Guaíra foram presos após um assalto à residência. Os bandidos estavam armados e fizeram um pastor evangélico e sua família como reféns.

Leia também:
Terra Roxa – PM e Civil prendem guairenses após praticar assalto

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Os Policiais de Guaíra tinham informações que a residência na Vila Margarida era usada pelo morador para comercialização de drogas.

No local, o acusado de ser o mentor do assalto em Terra Roxa recebeu voz de prisão. Com ele, outros dois homens e uma mulher também foram detidos.

Buscas feitas no quintal da casa, e drogas começaram a aparecer. Em uma sacolinha plástica, foi encontrado certa quantia de cocaína, e um invólucro com crack.

Dentro da residência os Policiais Civis encontraram na geladeira, uma quantidade de maconha.

Foram encontradas várias cédulas de dinheiro, sendo notas de 50, 20, 10, 5 e 2 reais, totalizando R$ 1.248,00. E, ainda, R$ 25,00 em moedas. Segundos os Policiais Civis, dinheiro “picado” para facilitar o troco.

Os Policiais também encontraram 06 celulares, 01 corrente de prata, 01 pulseira de prata, 01 pulseira dourada, 01 óculos de sol Oakley e 02 cadernos onde eram anotadas a contabilidade da venda de drogas.

Diante dos fatos, presos, drogas, dinheiro e demais objetos, foram encaminhados para a 13ª DRP.

POLICIA-CIVIL-DE-GUAIRA-ESTOURA-BOCA-DE-FUMO-NA-VILA-MARGARIDA-b

POLICIA-CIVIL-DE-GUAIRA-ESTOURA-BOCA-DE-FUMO-NA-VILA-MARGARIDA-c

Redação Portal Guaíra
Fotos: Flávio Henrique/Portal Guaíra