Um rapaz compareceu na Delegacia de Polícia Civil de Guaíra na quarta-feira (30), para informar que na terça teve seu celular furtado dentro da empresa onde trabalha.

A vítima relatou aos policiais ainda que ficou sabendo que tal pessoa havia furtado o seu celular e que estava em uma loja tentando desbloquear o aparelho.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Diante das informações, os policiais foram até a loja localizada no centro da cidade e encontraram o acusado tentando de fato desbloquear um Motorola G4 Plus.

Diante dos fatos, o rapaz foi conduzido até a Delegacia de Polícia Civil para realização de procedimentos cabíveis.

O delegado Dr. João Paulo determinou que fosse realizada a apreensão dos objetos e fosse aberto um inquérito policial, haja vista, que não foi feito flagrante do delito. Porém, os investigadores encontram um mandado de prisão por estupro de vulnerável em desfavor do indivíduo, expedido pela Comarca de Xambrê, ficando por conta disso a disposição da justiça.

Redação Portal Guaíra