ad

[dropcap color=”#dd3333″]P[/dropcap]or volta das 13h30, de quarta-feira (11), policiais militares da Patrulha Rural, lotados em Dr. Oliveira Castro, zona rural da cidade de Guaíra, diante das informações do roubo de uma GM/S10 em Tupãssi, e que os assaltantes estavam vindo sentido Guaíra, passaram a realizar patrulhamento nas proximidades da Comunidade Rural de Encruzo Lovera, onde abordaram dois homens. Eles apresentavam muito nervosismo ao serem indagados pelos PMs, o que causou suspeita. Mas como nada de ilícito foi encontrado, eles foram liberados.

Tempo depois, os policiais receberam a informação de que um dos rapazes abordados poderia estar envolvido no roubo do veículo. Sendo assim, voltaram nas buscas pelo suspeito, que foi encontrado nas margens do Lago de Itaipu, subindo em uma embarcação para cruzar o lago rumo o Paraguai. Com isso os policiais abordaram o indivíduo e mais um outro rapaz, que estava conduzindo a embarcação.

Diante dos fatos eles foram detidos e encaminhados ao destacamento da Polícia Militar de Oliveira Castro. Um deles estava de posse de um celular e recebeu o pedido de desbloquear o celular por um dos policiais, foi quando ele disse que faria e pegou o celular e quebrou no meio, não sendo possível visualizar as mensagens constantes no WhatsApp. O outro rapaz, porém estava com a bateria do celular descarregado.

Diante da situação foi solicitado apoio de policiais de Guaíra, para auxiliar e garantir a segurança dos detidos, bem como a segurança do plantonista, pois haveria necessidade de realizar buscas para localizar o veículo roubado.

Em seguida, a equipe da patrulha rural deslocou até o local inicial da abordagem, nas proximidades da Comunidade Rural de Encruzo Lovera, onde foi localizada a caminhonete GM/S10, placa AXV-9757, produto de roubo em Tupãssi.

Ainda de acordo com os policiais, os dois detidos pelos policiais foram reconhecidos pela vítima sendo como autores do roubo.

Diante dos fatos, os três envolvidos foram encaminhados para a UPA para passar por laudo de lesão corporal e, posteriormente, juntamente com o veículo, foram entregues na Delegacia de Policia Civil de Guaíra.

Redação Portal Guaíra


CLINICA SALUTAR