Na noite do último domingo (4), por volta das 23h40, a Policia Militar foi acionada para atender ocorrência de dano.

Ao chegar no local indicado pela chamada ao 190, o solicitante que é pai do denunciado, relatou que o filho estaria alterado e havia danificado vários móveis da residência, sendo que ao tentar contê-lo, acabou sendo ferido no pé.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O pai [denunciante] contou que por diversas vezes já foi agredido pelo filho e que desta vez representaria contra o mesmo.

Os PMs tentaram diálogo com o filho para que ele os acompanhasse até o Pelotão para a confecção do Boletim de Ocorrências, mas o rapaz se negou e ainda disse que iria matar toda a família.

Então, os Militares adentraram na área da residência para algemá-lo, e diante da recusa fizeram uso do esparginador (spray).

Nesse momento o pai e mãe do denunciado partiram pra cima dos policiais na tentativa de retirar as algemas do filho. A mãe entrou em luta corporal com a Soldado da PM, causando ferimento na mão direita e nos joelhos, na tentativa de imobiliza-la.

Foi então dada voz de prisão ao filho e a mãe, que então começou a desacatar os PMs com xingamentos e dizendo que ninguém a levaria presa.

O filho foi algemado e juntamente com a mãe foram encaminhados para a Polícia Civil.

Redação Portal Guaíra