A Guarda Municipal foi acionada para atender uma ocorrência de discussão na Vila Velha na quinta-feira (04).

Segundo a solicitante, seu companheiro a havia empurrado contra a parede após um desentendimento e queria sair do local, mas foi impedida pelo homem.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Ao ser questionada sobre o motivo da discussão, a mulher relatou aos servidores da GM que o companheiro teria dado banho em sua filha. Minutos depois a criança começou a chorar muito. A mãe perguntou o motivo do choro e o padrasto ficou exaltado e agressivo, levantando a suspeita de uma possível agressão na criança.

A menina foi levada para Unidade de Pronto Atendimento pra ser examinada. Após consulta foi constatado sinais na pele na região genital.

O padrasto acusado foi encaminhado para a Polícia Civil que investigará o caso.

As informações são do CostaOesteNews