ad

Na madrugada desta segunda-feira (2), mais uma apreensão foi realizada por equipes que participam da OPERAÇÃO HÓRUS, integrada pela POLÍCIA FEDERAL, COBRA/BPFRON/PMPR, TIGRE/PCPR, BOPE/PMMS, RODOVIÁRIA FEDERAL (PRF), FORÇA NACIONAL e pelo EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas/MJSP.

Durante patrulhamento de rotina na zona rural de Guaíra, policiais suspeitaram de movimentação em Porto clandestino na zona rural de Guaíra e resolveram realizar aproximação para fiscalização. Ao se aproximar do local, visualizaram um comboio de veículos deslocando em alta velocidade em estrada rural da região.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Na tentativa de abordagem, os criminosos jogaram o veículo contra a equipe policial, o que obrigou os policiais a reprimirem tal injusta agressão. Mesmo com sinais luminosos, o criminoso continuou sua empreitada contra a equipe policial e colidiu seu veículo contra a viatura da PF.

O ‘cigarreiro’ foi atingido por um disparo superficial na perna. A equipe policial realizou os procedimentos de primeiros socorros no local e encaminhou o preso ferido para a UPA de Guaíra.

Ainda como desdobramento desse acompanhamento tático, o comboio de veículos do crime atropelou um motoqueiro na altura do lixão (aterro) municipal, colocando a vida desse e de varios contribuintes em risco.

No local foram apreendidos um Fiat/Fiorino (aparentemente produto de furto) carregado com aproximadamente 35 caixas de cigarros contrabandeados do Paraguai, prejuízo de aproximadamente R$ 100.000,00 ao crime organizado da região

Os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal de Guaira.

Portal Guaíra com informações da DPF/Guaíra