A Gestão e o Financiamento para a Efetivação do SUAS (Sistema Único de Assistência Social) é tema da conferência que será realizada no dia 26 de julho, no Salão de Eventos Multiuso, a partir das 08h30.

O Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS) e a Secretaria Municipal de Assistência Social já deram início aos preparativos para o evento.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Segundo a secretária de Ação Social, Maria Elci Venâncio da Silva, a conferência será de fundamental importância para discutir as atuais demandas no município. “Guaíra é uma cidade muito dinâmica e sabemos de antemão que temos novos desafios, por isso temos que nos atualizar e planejar ações baseados em nossa realidade”, afirmou.

viii-conferencia-municipal-de-assistncia-social-lepolis-pr

Durante a conferência, serão eleitos os representantes de usuários no CMAS, bem como serão eleitas as entidades e os representantes de entidades de trabalhadores que comporão o Conselho, mandato 2013/2015.

A VIII Conferência Municipal de Assistência Social é o fórum de debates e discussões aberto a todos os segmentos da sociedade e tem a finalidade de avaliar e propor diretrizes para o aperfeiçoamento e o fortalecimento do SUAS, conferir o cumprimento das deliberações das últimas conferências, bem como os avanços e desafios a serem enfrentados para a efetivação do SUAS em âmbito local.

Segundo a presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Ângela Maria Correia Nunes, também está agendada uma palestra com a coordenadora do curso de serviço social de Umuarama, Elmides Maria Araldi. “Vai ser uma ótima oportunidade para discutir, avaliar e propor deliberações a partir do diagnóstico da realidade em relação ao SUAS no município, apresentando encaminhamentos realizáveis para o fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social”, afirma Ângela.

Estão sendo aguardadas as presenças de gestores da assistência social e de outras políticas que fazem interface com a assistência social, representantes de entidades de assistência social, usuários e representantes de organizações de usuários, representantes de conselhos setoriais, saúde e educação e de defesa dos direitos, representantes das universidades, do poder Legislativo Municipal, do Judiciário e Ministério Público, além de chefes do Escritório Regional de Toledo.

Fonte: Assessoria