Na quinta-feira (18), o Município de Guaíra simbolizou a entrega da publicação da Lei Municipal nº 2.163/2021, em vigor desde a data de 15 de março de 2021, de autoria da vereadora Karina Bach.

A Lei dispõe sobre afixação de cartazes em prontos-socorros, hospitais, unidades de saúde, clínicas veterinárias, pet shops e assemelhadas, públicos ou privados, dos riscos da esporotricose em animais e humanos, bem como a concessão de medicamentos para tratamento da doença, entre outras providências.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Cabe citar que a esporotricose, também conhecida como doença da roseira, consiste em uma doença crônica que pode afetar cães, gatos, e outras diversas espécies de animais, inclusive podendo ser transmitida também aos seres humanos.

Aparece em 3 fases distintas, de acordo com a sua intensidade. A primeira é a cutânea localizada, onde ressalta-se o aparecimento de lesões nodulares avermelhadas, individuais ou múltiplas. A segunda é a cutânea linfática, que ocorre quando a doença progride à formação de úlceras na pele, atingindo o sistema linfático. A terceira é a cutânea disseminada, quando a intensidade da gravidade da doença é tão alta que afeta o organismo como um todo. O tamanho das úlceras cresce progressivamente e pode tomar a forma extracutânea, atingindo outros sistemas como articulações, ossos e pulmões.

Caso haja suspeita de diagnóstico positivo para doença no animal, a pessoa deve imediatamente procurar o médico veterinário, pois o índice de progressividade da doença e a transmissão aos seres humanos é alto.

Dentre as principais disposições da Lei, cita-se que, a pessoa que possuir o laudo de profissional devidamente habilitado, e necessitar de drogas como o Itraconazol, Omeprazol ou outra equivalente, para seu próprio tratamento ou do animal diagnosticado com a doença, poderá requerê-las junto à Secretaria Municipal de Saúde.

Segundo o Vice-prefeito, Gileade Osti, “Estamos reconhecendo a seriedade de um tema tão emblemático como este, pois além de ser uma doença de alto crescimento, pode ser acometida também por seres humanos, o que é um grande risco para a saúde pública”, destacou.

Para o Prefeito Heraldo Trento, “Guaíra vem se desenvolvendo muito na questão do reconhecimento e garantia do cumprimento dos direitos dos animais, em especial os domésticos, que são um número expressivo aqui no nosso município. A finalização da construção do canil municipal virá para nos auxiliar grandemente nesta questão, visto que eles terão um ambiente adequado e seguro para que recebam os cuidados que merecem”, reforçou.

Portal Guaíra via Assessoria