ad

O Município de Guaíra conseguiu reduzir o número de casos de dengue nos últimos meses.

Segundo a avaliação da Vigilância Sanitária, os números apontam para uma redução por dois fatores: a campanha contra a dengue, que envolveu arrastões e trabalho de conscientização em escolas e nos órgãos de imprensa, e também o comprometimento de parte da população.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Apesar dos índices alcançados, Guaíra não está livre de casos confirmados e a vigilância deve ser constante.

“Não podemos nos satisfazer com o atual cenário. A luta ainda é necessária e as campanhas continuarão tendo o suporte do poder público”, destacou Julio Cesar Juvenal, médico veterinário e coordenador da Vigilância em Saúde de Guaíra.

O Lira (Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes Aegypti) guairense estava em 7,7% em janeiro. Em março, o Lira apontava para 5,7% do total de casas visitadas pelos agentes de endemias e chegou a 4,1% em 30 de julho, segundo dados oficiais da 20ª Regional de Saúde.

Quanto ao número de casos confirmados, Guaíra está entre os melhores da região, com 167, contra 917 de Marechal Cândido Rondon, o município mais afetado.

Contudo, os números ainda são significativos. Diamante do Oeste possui os melhores números. Apenas um caso foi confirmado nos anos de 2013, 2014 e 2015.

Em 2014, Guaíra sofreu um verdadeiro surto: foram 771 casos confirmados. A epidemia foi controlada graças a uma verdadeira força-tarefa deflagrada pelo governo municipal, que contou também com ajuda do Exército Brasileiro.

Os dados foram apresentados durante reunião ordinária do Comitê Municipal contra a Dengue.

mosquito-da-dengue02

Dengue 2

Dengue

Portal Guaíra via Assessoria