O comitê da COVID-19 se reuniu nesta quinta-feira na ACIAG para avaliar a situação da pandemia no Município de Guaíra e, assim definir novas alternativas para o combate ao vírus.

Na ocasião, a enfermeira Erica Alves Ferreira Gordillo, Coordenadora da Vigilância Sanitária, e o Francisco do Amaral Fontes, Diretor da Vigilância Sanitária, apresentaram dados e documentos mostrando a evolução da doença em Guaíra, na região, e no Estado, enfatizando que os leitos do Estado estão com 70% de ocupação. Os profissionais comprovaram que o maior índice da doença ainda acontece devido às aglomerações em bares e descuidos das medidas sanitárias.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Com isso, o Comitê votou por unanimidade que o decreto municipal seguirá o decreto estadual até a data de 22 de fevereiro. Mantendo as regras ainda bem rígidas.

Segundo o Dr. João Fernando Grecillo, Procurador Jurídico Municipal e membro do comitê, o momento requer medidas mais restritivas ainda e que visem o cuidado coletivo da população, pois o índice de leitos ocupados no Estado ainda é muito preocupante. “Ficamos de acordo para que, considerando o avanço das vacinas e que assim haja uma possível diminuição no número de ocupação de leitos e casos ativos da Covid, poderemos debater medidas menos restritivas”, esclareceu João.

O novo decreto de prorrogação está sendo redigido, e será publicado em breve. Acompanhe as nossas redes sociais para maiores informações e atualizações diárias sobre a Covid-19.

Portal Guaíra via Assessoria