Os profissionais concursados pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) se apresentaram ontem, quarta-feira (30) em Guaíra.

Dos 28 profissionais destacados para o município, 16 já estão cumprindo horário. Segundo o secretário de Saúde, Leandro de Lima Danelon, faltam ainda 07 médicos (que devem se apresentar no início do mês de novembro), três condutores, uma zeladora e um enfermeiro. Duas ambulâncias ficarão à disposição da população. Os atendimentos devem iniciar já na semana que vem.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Ontem, representantes do Ministério da Saúde estiveram em Guaíra para vistoriar o prédio onde deve funcionar provisoriamente a sede do Samu. A obra foi planejada para ser a “Casa da Gestante”, mas será cedido ao Samu até que seja construído outro edifício. “Estamos concluindo os projetos de engenharia e já temos os recursos para a construção da sede definitiva do Samu, que deverá ser construída ao lado da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), provavelmente no Fundo de Vale. As obras ficarão prontas em 2014”, explicou Danelon.

DSC08634

Samu

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) é um serviço de atendimento médico brasileiro, utilizado em casos de emergência, como em acidentes de trânsito. Foi idealizado na França, em 1986, como Service d’Aide Médicale d’Urgence — que faz uso da mesma sigla “SAMU” — e é considerado por especialistas como o melhor do mundo.

O Samu, serviço administrado pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, tem parceria com o Ministério da Saúde. O serviço pode ser acionado pelo telefone 192 e atende a três objetivos: atendimento para casos clínicos, a regulação do sistema de vagas de urgência e emergência em hospitais secundários e terciários por uma central 24h e educação em urgência e emergência.