ad

O Município de Guaíra está fazendo algumas intervenções no Centro Náutico e Recreativo – Marinas, principal espaço de lazer da cidade de Guaíra.

DSC01176

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Aproveitando os preparativos para a 38ª Festa das Nações, a Administração Municipal está asfaltando pontos de acesso aos pavilhões que serão montados e reformando os banheiros.

A reforma dos banheiros é completa: desde o piso até as instalações sanitárias, com disponibilização de espaço para cadeirantes.

Por conta da intervenção nos toaletes, a Secretaria Municipal de Turismo resolveu suspender temporariamente a locação das churrasqueiras que estão dispostos ao longo do Centro Náutico. “É temporário, dentro de poucos dias os banheiros estarão prontos para o uso e então poderemos disponibilizar as churrasqueiras. Não dá para locar este espaço se não podemos oferecer banheiros”, justificou Thomaz Luiz Zeballos, o Guga, diretor de Turismo.

Guga também ressaltou os trabalhos na área destinada ao Parque da Festa das Nações e outras intervenções que estão sendo realizadas para muito além da festa. “Temos hoje uma comissão permanente dentro das Marinas, criada a pedido do prefeito Fabian. O prefeito quer que este espaço seja todo revitalizado, que esteja limpo, que seja um cartão postal. Essas obras não são para a festa simplesmente, mas sim para a própria valorização das Marinas no ano todo”, destaca, referindo-se a outros trabalhos que estão sendo realizados e planejados.

Recentemente, o governo municipal realizou a drenagem do lago que fica nas proximidades das quadras poliesportivas. A intenção é disponibilizar ali uma área para banho com a urbanização do entorno.

O Município também realizou melhorias na rampa onde os barcos tem acesso ao rio. Outro projeto é a construção de um píer. “Trabalhos de manutenção serão mais frequentes e as novidades vão dar mais vida a este local”, afirma Guga.

Na parte de cima das Marinas, outro projeto está em andamento. O prefeito pretende criar uma escola de cultura que envolve várias frentes, utilizando para isso os Pavilhões e o Anfiteatro. As barracas das sete nações representadas na festa e que simbolizam a mistura étnica de Guaíra serão transformadas em salas de aula que funcionarão no período de contraturno escolar. Nestes espaços, alunos da rede municipal deverão contar com aulas de música, ciências, artes marciais, artes circenses, artes plásticas e artes cênicas. Uma das barracas será um grande refeitório.

A expectativa é de que a escola possa funcionar em 2015.

DSC01158

DSC01162

DSC01163

DSC01167

DSC01173

DSC01174