ad

[dropcap color=”#81d742″][/dropcap]Foi publicado na data de ontem (20), no site Agência de Notícias do Estado do Paraná, uma matéria falando que a Governadora, Cida Borghetti, assinou a autorização para construção de cadeias públicas nos Municípios de, Ponta Grossa, Foz do Iguaçu, Guaíra e Londrina.

A notícia não repercutiu bem em Guaíra, reacendendo a discussão sobre a instalação dessa cadeia aqui. As mídias sociais, do Município de Guaíra, foram invadidas por várias acusações, contestações e argumentações.

Diante disso, a Assessoria de Imprensa Municipal buscando alcançar a veracidade dos fatos, procurou a redação da Agência de Notícias do Estado, que por sua vez, nos passou o contato direto do Secretário Especial de Administração Penitenciária do Estado, Coronel Hélio de Oliveira Manoel.

O Coronel nos informou que esta autorização para licitação da construção faz parte do processo iniciado há anos. “_ É somente mais uma etapa do projeto que ia acontecer de qualquer forma. Se vai ser emitido ordem de serviço é outra história. E se vai ser executado a obra é outra história também, pois até lá, o terreno tem que estar regularizado. E mesmo com a negativa do Município em relação a expandir o prazo para doação do terreno, o processo continuará. Lembro sempre que o terreno hoje já está em nome do Estado e o Município terá que entrar com ação de retomada do bem e o recurso empenhado para esta obra será devolvido aos cofres”, explicou Coronel Hélio.

Esse contrato iniciou em 2010 ainda na Administração Manoel Kuba, que doou o terreno para o Estado com fins de obter uma cadeia pública em Guaíra. Em 2015 o prazo fixado no contrato, para manter a doação, expirou e em 2018 foi solicitado a expansão desse período, pois houve a retomada das ações para resolução de superlotação das cadeias. Após várias reuniões o Poder Legislativo de Guaíra, entendeu que não deveria expandir o contrato de doação do terreno. Mas isso não impede o andamento legal do processo de construção de cadeias públicas no Estado.

Portal Guaíra via Assessoria