A Secretaria Municipal de Turismo anunciou o cancelamento do carnaval de rua 2014. Segundo o secretário Carlos Alberto Leite, o prefeito Fabian Vendruscolo solicitou um parecer no início de janeiro sobre a tradicional festa popular, que tem perdido o fôlego ano a ano.

Carlinhos Diba, Secretário Municipal de Turismo
Carlinhos Diba, Secretário Municipal de Turismo

Vendruscolo chamou a atenção para a resolução 783 da Secretaria de Estado de Saúde, publicada no final de dezembro de 2013 e que estabelece normas mais rígidas para a organização de eventos de massa.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A resolução, que passa a regulamentar o sistema de alvará, encontra-se em estudo por parte da Secretaria de Saúde, Secretaria da Fazenda e Vigilância Sanitária, uma vez que a Festa das Nações, o maior evento do município, se aproxima.

A nova regra, a falta de tempo e até mesmo a falta de apelo por parte da sociedade fizeram com que a administração pública optasse pelo cancelamento. “O carnaval de Guaíra já foi um dos melhores do Paraná, lá nos anos 70 e 80. Tínhamos a Escola de Samba Unidos da Vila Velha, vários blocos e as pessoas participavam. Infelizmente, do final dos anos 90 para cá isso tudo foi se perdendo e as últimas edições do carnaval não foram nem sombra do que já foi feito no passado. Os tradicionais blocos foram extintos, poucas pessoas saem às ruas e a escola de samba está parada. Mas o principal motivo foi que, além de todas estas perdas, temos uma normativa que precisa ser estudada e pouco tempo para nos organizarmos. Por isso, o mais sensato foi votar pela não realização do evento”, afirmou o secretário.

Embora a Administração Municipal não vá investir na realização do Carnaval, o prefeito Fabian Vendruscolo informa que não há impedimento para que empresas, associações ou entidades beneficentes realizem o evento. Para que isso possa ser feito é necessário autorização do Município e o cumprimento de todas as exigências legais e de segurança. “Quem estiver disposto a tomar essa iniciativa precisa seguir as regras, solicitar autorização para o Município e se responsabilizar também pelo evento”, disse o prefeito.

Apesar do cancelamento dos carnavais de 2013 (por falta de recursos) e 2014, a edição de 2015 não está descartada. “Se houver interesse por parte da sociedade, poderemos começar a nos articular para 2015. Caso contrário, temos outras iniciativas culturais que podem dar um retorno muito positivo. Estamos abertos a sugestões também”, explicou.

Outros eventos

Fabian também ressalta que o município está buscando o fortalecimento de outras festividades visando o turismo e o lazer para os guairenses. No ano passado, a Festa das Nações teve a maior grade de shows artísticos da história e o I Natal da Integração foi um sucesso.

O objetivo em 2014, segundo ele, é manter a qualidade da Festa das Nações, fortalecer o Natal da Integração e os festejos pelo aniversário da cidade. “As pessoas parecem ter gostado muito dos enfeites de Natal e também da nossa programação cultural de fim de ano. Queremos fazer ainda melhor neste ano e investir no evento natalino, que atende a todas as idades, dos jovens aos adultos. Foi muito bom ver as famílias de voltas às ruas, crianças, idosos, jovens. O Natal nos proporciona isso. No aniversário da cidade, contamos com shows locais e um show de música evangélica. Também foi muito bom. Queremos apostar no que está dando certo e fazer ainda melhor”, afirma, adiantando que novidades surgirão. “Teremos também neste ano um Festival de Música em Guaíra. A data ainda não foi confirmada, mas vamos apostar também nesta ideia”, concluiu.