Na manhã de domingo (27), uma equipe de Policiais Militares foi até um hotel de Guaíra para verificar uma ocorrência de furto.

No local a solicitante contou aos Militares que reside em Curitiba, chegou de avião em Maringá e veio de Uber até Guaíra.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Por não haver vagas no hotel desejado, acabou ficando em outro com entrada registrada na sexta-feira (25), às 22h51.

A vítima relata que chegou no hotel (não informado no Boletim de Ocorrências) usando um colar de diamantes, contendo aproximadamente 20 pedras de 1 ou 8 quilates e uma pedra de esmeralda, avaliado em R$ 700 mil e mostrou fotos aos policiais.

A mulher disse que o colar foi adquirido, à época, no Shopping Pátio Batel, em Curitiba, não possui seguro, e que na recepção do hotel foi informada que não teria cofre disponível e estava ciente.

A vítima também contou que no sábado (26) realizou um tour pela cidade de Guaíra com uma equipe de filmagem e disse que havia deixado o colar no fundo de uma gaveta do apartamento onde estava hospedada.

Ainda no dia 26, por volta das 22h, percebeu a falta do colar, porém a porta do apartamento e outros objetos estavam intactos, tudo registrado em fotos pela vítima. Ela estava hospedada sozinha no quarto.

Em contato com o gerente do hotel, os PMs orientaram a guardar as imagens das câmeras de segurança e fornecer uma cópia (mediante recibo) a vítima.

As partes envolvidas foram devidamente orientadas. A vítima disse possuir nota fiscal da joia e irá apresentá-la posteriormente.

Redação Portal Guaíra