No sábado (10), a Polícia Militar de Guaíra foi acionada para atender a uma ocorrência de lesão corporal na Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

No local, para os policiais, enquanto recebia atendimento médico, a vítima disse que estava em um estabelecimento comercial, quando sua ex-namorada acompanhada de mais dois indivíduos do sexo masculino, chegaram em um veículo de cor branca (não soube informar a marca e o modelo) e o convidaram para dar uma volta. Em determinado momento, os indivíduos, sendo um deles de posse de duas facas, começaram a ameaçar o cidadão. Em dado momento um dos indivíduos questionou o que iam fazer com ele, momento que a ex falou que “vamos matar e enterrar ele”. Diante disso, o solicitante pediu para não matarem ele, sendo que um dos indivíduos desferiu alguns golpes de faca, sendo ferido no ante braço direito, perna esquerda e um corte na orelha esquerda.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Após um tempo, quando chegaram em uma plantação nas proximidades de uma comunidade, no momento que o motorista parou o veículo, a vítima conseguiu sair do veículo e empreender fuga a pé, sendo socorrido por moradores que acionaram a família dele. Ele foi levado para receber atendimento médico na UPA.

A vítima informou que não deseja dar seguimento aos trâmites legais contra os autores, sendo orientado.

Foram realizadas diligências pelos policiais para tentar localizar a possível autora, não sendo localizada nos endereços relatados pela vítima.

Boletim de ocorrência foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Guaíra para os procedimentos de praxe.

Redação Portal Guaíra