Técnicos da Cohapar estiveram em Guaíra na quarta-feira (19) para vistoriar a obra de execução de 21 casas populares na cidade. As moradias são subsidiadas integralmente pelo Governo do Estado, com um investimento de R$ 1,7 milhão obtido pela Secretaria estadual da Justiça, Família e Trabalho, por meio de um financiamento junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

De acordo com a chefe do escritório regional da Cohapar, Lucilei Marchiori, o cronograma está com 30% de conclusão. “Dezessete unidades já estão com alvenarias prontas e iniciando a fase de cobertura, enquanto quatro unidades estão em estágio inicial”, disse.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Ela explica que o empreendimento precisou passar por alterações de cronograma devido a mudanças no projeto original, mas ainda será entregue em 2021. “A conclusão estava prevista para agosto, mas o prazo foi estendido por mais 60 dias, com previsão de entrega para o final de outubro”, afirmou.

Além da contratação da construtora e fiscalização das obras pela Cohapar, a participação estadual envolve trabalho de acompanhamento social dos futuros beneficiários pela Secretaria da Justiça e contrapartidas da Copel e Sanepar para instalação subsidiada das redes de energia elétrica, água e esgoto do residencial.

JARDIM BELVEDERE

O novo conjunto habitacional no Jardim Belvedere possui imóveis com modelos de 32 e 49 metros quadrados. As unidades são compostas por dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço externa, com projetos arquitetônicos e lotes que permitem ampliações futuras.

A área onde o conjunto está sendo construído foi doada pela administração municipal como forma de contrapartida da prefeitura para viabilização do projeto. Segundo o prefeito de Guaíra, Heraldo Trento, existe um entendimento mútuo dos órgãos envolvidos sobre a importância de reduzir o déficit habitacional da cidade.

“Acabamos de entregar 20 moradias através de um convênio com a Itaipu Binacional e o Governo do Estado, e isso só mostra o quanto estamos empenhados nessa missão. Temos cerca de 300 cadastros ativos de famílias que necessitam de um lar. Com a entrega de 20 casas aqui e mais 20 ali, vamos gradativamente atendendo a demanda daqueles que mais precisam”, afirma Trento.

Portal Guaíra com Assessoria