ad

No último sábado (17) foi realizado mais uma edição do Mamaço na Prainha, próximo a Praça Eurico Gaspar Dutra. O evento foi promovido pela Secretaria de Saúde. A atividade teve como objetivo disseminar a importância da amamentação.

O evento foi criado pensando em oferecer um momento para que mães pudessem se reunir para amamentar e ao mesmo tempo compartilhar suas experiências a respeito desse ato de amor que é a amamentação. Profissionais da saúde, Enfermeiras e nutricionistas, abordaram o assunto dando ênfase ao fomento da amamentação por períodos prolongados.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Grávidas, mães que amamentam e que já amamentaram, estiveram presentes relatando suas experiências, a fim de ajudar umas as outras, pois, a amamentação pode não ser como a mãe idealizou. Várias relataram sobre mastite, rachaduras e as formas que venceram essas dificuldades para seguirem amamentando.

A Nutricionista, Flávia Chibinski, organizadora do evento, conduziu o encontro incentivando as mães a amamentarem e a buscar apoio em momentos difíceis, “uma das dificuldades mais comuns que as mães enfrentam ao tentarem amamentar seu bebês, além das dores muitas vezes causadas por fissuras no peito, a maioria dessas mães não possuem uma rede de apoio que incentivem a amamentação, e ter isso é essencial” relata.

Crianças que são amamentadas com o leite materno são as mais saudáveis, fato este que é comprovado cientificamente. A recomendação mundial é de que o aleitamento deve ser exclusivo até o 6 meses e complementado com adição de alimentos variados até os 2 anos ou mais. Afinal, amamentar é um ato de amor sem limites!

Se você, mãe, está com dificuldades na amamentação, procure a Secretaria de Saúde, existem métodos para ajudar a ter sucesso nesse ato que salva tantas vidas.

Portal Guaíra via Assessoria