ad

LEIA-MAIS3O Tribunal do Júri da Comarca de Guaíra/PR condenou na noite de terça-feira (2) Márcio Ribeiro, por ter matado duas pessoa e ter tentado mais outra. Os fatos ocorreram em 2013.

O Tribunal do Júri, formado por pessoas da sociedade de Guaíra, reconheceu que houve três qualificadoras: dificuldade de defesa do ofendido, perigo comum e ação motivada para acobertar crime anterior.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O Ministério Público (MP) narrou que o acusado, na companhia de Jorge Lemes e Paulo Lemes, conhecidos como “Piratas do Rio”, executaram as vítimas porque uma delas denunciou um roubo de carga contrabandeada praticado pelo grupo. Na execução, os agentes efetuaram mais de trinta disparos contra as vítimas.

Os três homens seriam contrabandistas e respondem a outros processos por homicídios e roubos.

Marcio Ribeiro foi condenado a pena de 54 anos e seis meses de reclusão em regime fechado. Sendo 22 anos e seis meses por cada morte e 09 anos e seis meses pela tentativa de homicídio.

Os outros acusados estão foragidos.

O julgamento foi presidido pelo Dr. Ferdinando Scremin Neto, pelo Ministério Público sustentou o Dr. Rafael Dopico da Silva.

Portal Guaíra com informações do MP-PR