Na manhã desta sexta-feira (12), por volta das 09h, J. R. I. F., conhecido com “Péla”, se apresentou na Polícia Civil de Guaíra, acompanhado de um advogado.

Segundo informações apuradas pela reportagem do Portal Guaíra, o rapaz de 23 anos que reside em Guaíra admitiu ter atirado e matado Felipe Souza Lima, 21 anos, em uma festa no Bar do Milico, nas proximidades da Unipar, na madrugada de quinta-feira (11).

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Leia Também:
Guaíra – Jovem é morto com pelo menos dois balaços (imagens fortes)

Ele contou ao Delegado Dr. Pedro Lucena, que Felipe [vítima] vivia fazendo ameaças.

No dia do homicídio os dois haviam se encontrado e a vítima sacou uma arma para ele.

Na noite em que os fatos ocorreram, Felipe Lima fez menção em pegar uma arma, momento em que [Péla], armado de um revólver calibre .38, atirou contra seu desafeto.

O acusado resolveu fugir até a cidade de Mundo Novo, no Mato Grosso do Sul, e na saída da ponte, segundo relatos, jogou a arma em uma lagoa.

Como já havia passado o tempo do flagrante, após ser ouvido, o rapaz que confessou ter assassinado Felipe, foi liberado.

Felipe Lima foi morto com tiros na cabeça e tórax
Felipe Lima, 21 anos, foi morto com tiros na cabeça e tórax

Redação Portal Guaíra