policia-civil-paranaNa manhã de ontem (8), por volta das 10h20, compareceu na Delegacia de Polícia Civil um funcionário da FUNAI de Guaíra, informando que uma pessoa do sexo masculino, indígena, havia entrado em óbito, provavelmente vítima de enforcamento.

Imediatamente uma equipe de investigadores foi até a aldeia Tekohá Marangatú, e constatou o fato, sendo que a vítima se tratava de um adolescente indígena de 16 anos, sem documentos pessoais.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O nome e idade do índio foram comprovados pela irmã, Lidineide Galeano, sendo que o mais provável e também as evidências, é que o garoto tenha tirado a própria vida.

Diante dos fatos o IML de Toledo foi acionado para os procedimentos de praxe (exames de necropsia) e posterior liberação aos familiares para os atos fúnebres.

Redação Portal Guaíra