[dropcap color=”#81d742″]N[/dropcap]a última sexta-feira foi realizada na Praça Duque de Caxias a 2ªNoite Cultural de Guaíra.

Uma noite repleta de talento e emoção. A Secretaria de Turismo, Esporte e Cultura via Departamento de Cultura, reuniu todos os projetos sociais, Associações culturais e empresas privadas fomentadoras de cultura e organizou uma pequena mostra do potencial cultural que Guaíra possui.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Para iniciar a noite a Orquestra de Sopro de Guaíra emocionou ao tocar a canção Noite Feliz, a qual, segundo o Maestro Rhomilton estava completando 200 anos. Depois foi a vez da Escola Municipal de Dança, que há pouco dias realizou um belíssimo show na ACEG e trouxe para a Praça Duque de Caxias uma das coreografias do evento. A dança do ventre que encantou o público presente com a energia e a beleza apresentada na coreografia de Andressa Ammes e Lucius Mendes Coltri.

Cerca de 50 alunos do Projeto municipal de violão fizeram uma apresentação em tom orquestrado e acústico com músicas que marcaram o gerações de várias gostos musicais. O público acompanhou o som dos violões cantando.

Depois foi a vez do projeto da Ginástica Rítmica que fez 4 apresentações envolvendo alguns aparelhos como fitas, maças e arco. O figurino, as luzes, e os movimentos graciosos e precisos da modalidade agradou muito o público presente.

Após a ginástica rítmica foi a vez da empresa privada , Hope Espaço de Artes apresentar três belas coreografias realizadas na peça Asas de Papel , exibida no início de dezembro no Cine Teatro 7 Quedas. O figurino também chamou a atenção, assim como a delicadeza da coreografia Floreios, a intensidade da Folhas Secas e o magnetismo do Ballet dos Pavões.

Show de acrobacias é que definiu a apresentação do esporte arte, Capoeira do Contramestre Jesus e a professora Graciosa. O público suspirava apreensivo a cada movimento dos alunos que definiram as alturas como o limite da noite.
Assim, que a capoeira deixou o palco da 2ª Noite Cultural, a trupe do projeto social de circo, vinculado a Secretaria de Assistência Social, tomou conta do espaço com muita emoção, nos números de malabarismo, acrobacias em trapézio, lira, tecido e solo. O “gran finale” do circo conseguiu que o público aplaudisse eles de pé.

Então, eis que entrou no palco todo encanto de um dos contos de fadas mais lidos e representados no mundo, num versão contemporânea e muito bem roterizada e encenada pela Companhia Teatral Desvendai de Guaíra. A Bela e a Fera foi contada pelos integrantes da companhia, que envolveu cenário, figurino, coreografias e muito encantamento.

E quem chegou para finalizar , foi a turma Fanfarra Municipal, vestindo seus novos uniformes e mostrando que os equipamentos novos podem fazer um belíssimo barulho nas mãos dos alunos e sob regência do maestro Binder.

Era quase meia note quando chegou ao fim a 2ª Noite cultural de Guaíra, que deixou saudades e ansiedade para a chegada da próxima. O vice-prefeito Valberto Paixão que representou o Município, disse que a meta cultural de Guaíra está ainda longe de ser alcançada…”_ Isso é só o começo, queremos expandir e mostrar para o mundo o potencial que Guaíra tem”.

Portal Guaíra via Assessoria